nossa-senhora-da-penha

Estrada Mato Adentro, 49 – Samambaia
CEP: 06887-400 – Cotia – SP
Missa: todos os domingos às 8 horas.
Confissões: Quaresma e Advento.
Telefones para contato: (11) 4666-4033/4667-2680/4703-5809

Breve Histórico. A Comunidade Nossa Senhora da Penha surgiu a partir de um grupo de moradores do bairro da Ressaca, que se reunia uma vez por ano no dia da Santa Cruz, 03 de maio para rezar o terço diante de uma Cruz colocada na encruzilhada.

Em 1938 construíram uma Capelinha de pau-a-pique de 2 por 4 metros onde foi colocada a imagem de Nossa Senhora da Penha, surgindo assim a Comunidade originalmente chamada de “Capela Boa Vista de Nossa Senhora da Penha do Bairro da Ressaca”, por estar localizada num ponto alto do bairro no qual avistava-se a cidade de Itapecerica da Serra.

O povo passou a se reunir uma vez por mês e foram eleitos o primeiro Presidente da Comunidade senhor Benedito Marcelino de Moraes e o primeiro tesoureiro senhor Adriano Pereira Rodrigues.

Em 8 de setembro de 1945 foi celebrada a primeira Missa com o Padre Bibiano, ao ar livre, pois a capelinha era muito pequena e o altar tinha que ser colocado em frente da capelinha do lado de fora e o povo participava ao ar livre.

Em seguida famílias participantes da Comunidade resolveram oferecer a cada reza do terço mensal café com pão, após este café era realizado o leilão, com prendas trazidas pelos participantes da Comunidade. Os doadores do café se organizavam em duas famílias totalizando 24 famílias ao ano. A água era retirada do Ribeirão e transportada em duas latas de 20 litros, as latas tinham que ser carregadas nos ombros numa distância de aproximadamente 800 metros, toda esta água destinava-se ao preparo do café e para o povo beber. Era necessário também catar lenha para acender o fogão.

Esta tradição do café Comunitário continua até os dias de hoje, pois é passada de pais para filhos.

Na Quaresma o povo se reunia para rezar a Via Sacra e as cruzes eram penduradas nas árvores em volta do pátio, pois a Capelinha não acomodava todo o povo.

O primeiro catequista da Comunidade foi o senhor José Dias de Oliveira para a preparação da Primeira Eucaristia.