A Imaculada e Lourdes

Parece até que a mesma Beatíssima Virgem Maria quis confirmar de uma forma prodigiosa a determinação que o Vigário de seu Divino Filho tinha sancionado com o aplauso da Igreja universal. Com efeito, não tinham ainda passado quatro anos, quando a Vigem Mãe, com juvenil e inocente semblante, se apresentou de vestido e manto cândidos e cingida com uma faixa azul, a uma inocente e simples criança, na gruta de Massabielle, próximo de uma povoação, nas faldas dos Pirenéus; e tendo essa criança perguntado insistentemente pelo seu nome, a celeste visão, levantando os olhos ao céu e com um suave sorriso, responde: Eu sou a Imaculada Conceição.

Pio XII, Encíclica Fulgens Corona