Maria e a vocação


Eu não gosto de forçar ninguém porque isto são coisas que devem vir de Deus, mas sim posso dizer-vos que sentis um fio de vocação para a vida relligiosa, não o corteis, antes pelo contrário, ide a Deus e com firmeza pedi-lhe que o confirme. Que Ele vos ilumine; E se seguis esse caminho de predestinação, não temais que vos falte a sua graça para cumpri-lo. Rezai muito a Nossa Senhora e confiai nela.

St. ª Rafaela Maria, Carta a duas sobrinhas. 5 de Dezembro de 1909